domingo, abril 24, 2005

não sou...(suspiro)



(pintura de maria manuela mendes da silva "caminho da foz")

não sou...somos !
vivo-te no meu espaço
naquele que te dei em mim
naquele onde te sinto todos os dias

(segredo-te meu suspiro na noite...)

não era...eramos !
nascemos na primavera
fizemos os rebentos desabrochar
das árvores adormecidas do nosso passado

(...segredo-te meu suspiro...)

não serei...seremos !
vagueamos no tempo
qualquer fim que não conheço
mas sei, que permanecerás

(...suspiro-te...)

ruiluis
Enviar um comentário