quinta-feira, outubro 21, 2004

escuridão

(pintura de nicoletta tomas "amantes")

gosto da escuridão
e neste silêncio que me sorri
respiro-te em cada poro da pele...
ai, tuas imagens são luminosas

tenho ainda o acido sabor
ao som de grilos em sintonia
das terras humidas e é de noite...
aromas teus invadem este ar

gemidos ao luar
como toques, como caricias na pele
como o despejar do sémen no corpo...
dos desejos madrugadores

somente a lua nos ilumina
neste nosso hedonismo
de corpos exaustos, côr purpura...
e faz lá fora os cães uivar

ruiluis
Enviar um comentário