sábado, outubro 09, 2004

passo a passo

(pintura de josé julio de andrade santos "paisagem")



passo a passo
aproximo-me da tua rua...
vejo tua luz acesa
e a janela que me fechaste

passo a passo
paro meu andar pesado
e como uma estátua inerte...
sei que não sou, que em ti estou

tu apareces na janela
presencias meu gesto com a mão
que te sauda e te diz adeus
para mais um desfalecer nesta noite

passo a passo
retiro-me e sou alma que morreu,
um vulto a cair no chão
numa rua mal iluminada...


alexander ibis





Enviar um comentário