quarta-feira, novembro 03, 2004

invisivel


(imagem de walter strobl "schattenspiel")

sou invisivel aos olhos de quem passa e não vê...
não existo, mas sou na minha inexistencia algo que ficou...

como o dia chega depois da noite, assim cheguei um dia e fiz-me noite...
a lua não vive e morreu no grito da sombra que a vida tem...

não existo, e por isso, sou invisivel aos olhos de quem passa e não vê...

ruiluis
Enviar um comentário